Com 1.006 pontos, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na gestão do presidente deputado Josué Neto, alcançou nível “Elevado” de controle de suas ações e recursos, sendo o único órgão do Amazonas com essa pontuação. Os dados são de um estudo do Ministério Público de Contas (MPC- AM).


No levantamento, a Assembleia teve a nota mais alta e ficou 106 pontos a frente do segundo colocado e 179 pontos a frente do terceiro.


Para Josué Neto, que também é economista, a nota é resultado de um esforço concentrado para otimizar o uso dos recursos do Parlamento e fazer do Legislativo uma ferramenta útil e eficaz na luta por melhorias para a população.


“Quando temos total controle de onde está sendo aplicado os recursos públicos estamos garantindo que os impostos pagos por nós cidadãos sejam traduzidos em melhores serviços e qualidade de vida para o povo do Amazonas”, afirmou ele.


O diretor-geral da Assembleia, Wander Motta, explicou que, por determinação do presidente Josué Neto os processos da Assembleia Legislativa passam por dois tipos de controle interno: auditoria e análise da Procuradoria-geral para garantir “a legalidade das atividades do Parlamento”.


“Tem sido uma marca da gestão do presidente Josué a correta observância dos processos legais. Nenhum processo dentro da Assembleia Legislativa é referendado sem a análise da Auditoria e/ou Procuradoria-geral. Isso nos dá a segurança de dizer que nossos recursos tem sido aplicados dentro da legalidade”, disse.


Para o auditor-geral da Assembleia, Oscar Marques, o controle interno dos processos do Parlamento do Amazonas, e de qualquer outro órgão, evita o desperdício de dinheiro público.


De acordo com a coordenadora de Transparência, Acesso à Informação e Controle Interno do MPC-AM, Evelyn Carvalho o levantamento do MPC-AM “é um Raio-X na administração pública, que permite ao MPC-AM saber se os gestores estão contribuindo para que suas ações sejam conduzidas de forma legal, econômica, eficaz e efetiva”.





1º Lugar no Controle de Recursos


A Assembleia Legislativa é 1º lugar no Ranking Geral de Controle Interno de órgãos estaduais do MPC-AM, divulgado no início deste mês, e um dos poucos órgão públicos com a classificação “excelente” no controle de contas. 

“Isso é fruto do compromisso que assumimos de honrar a confiança que o povo do Amazonas depositou em nós. Seguimos no caminho do bem”, afirmou Josué.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem