Zelar pela justiça é uma responsabilidade de todos nós


Afirmou o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto, na solenidade em que foi homenageado com a Medalha do Mérito Judiciário, na categoria Grande Mérito, nesta sexta-feira (13). Em seu discurso, Josué lembrou que o Poder Legislativo transferiu ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) parte dos seus recursos, nos anos de 2012 e 2013, a fim de sanar a falta de comarcas, juízes e servidores na capital e interior do Amazonas. 



Essa talvez tenha sido a maior contribuição que o Legislativo deu ao Judiciário e não se arrepende porque nós sabemos o quanto melhorou. Desde então o Tribunal tem recebido prêmios nacionais por conta dos investimentos em tecnologia e na qualificação dos seus servidores
 disse Josué 

Destacando a relação harmoniosa entre os poderes e lembrando que a partir disso o TJAM conseguiu realizar concurso público e ampliar o atendimento a população.

Em seu discurso, o presidente fez agradecimentos ao governador Wilson Lima (PSC) e todos os desembargadores e também estendeu a homenagem aos demais deputados e deputadas, servidores e familiares, destacando também a importância do apoio da família nas conquistas diárias.




Líder Nato


Ao relembrar a trajetória profissional e política de Josué Neto, o desembargador Ari Moutinho afirmou que Josué é um “líder nato e consegue liderar pelo exemplo e pelo respeito ao próximo, cultivando bons sentimentos no difícil ambiente da política. Dotado de virtudes morais da prudência, fortaleza e temperança. Em sua jornada de homem público é imperioso registrar seu compromisso com a gestão pública. Muito jovem entrou na política e ao longo de 15 anos construiu uma história que preserva todos os traços da ética que deve presidir as atividades da vida pública”. 


Moutinho disse ainda que notou muito cedo a vocação de Josué para a política. “Não posso deixar de registrar que talvez o primeiro que tenha dito que ele era político tenha sido eu quando ele corria nos aniversários dos meus filhos em casa e eu já o tratava como o meu vereador”, afirmou. 




A medalha


A medalha do Mérito Judiciário é concedida às pessoas que se destacaram no exercício de seus deveres constitucionais ou se diferenciaram pela notoriedade do saber jurídico, produtividade e relevantes serviços prestados à Justiça Estadual.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem