O deputado Felipe Souza (Patriota) se manifestou em um aparte, durante a Sessão Plenária desta quinta-feira (12) para repudiar o enredo do filme ‘A Primeira Tentação de Cristo’. O filme satiriza o retorno de Jesus após 40 dias de jejum no deserto. A encenação do grupo Porta dos Fundos é um especial de natal que está em exibição na Netflix.

Para o parlamentar, esses artistas do Porta dos Fundos satiriza a vida de Jesus Cristo e enquad
ra como prática de intolerância e blasfêmia. 

Não se pode confundir liberdade de expressão, de manifestação artística com a ofensa a uma crença e a todos Cristãos
ressaltou Felipe Souza.


Para o deputado, nenhum direito é absoluto e nem deve ser usado para a prática de ilícitos. 

Em repúdio a essa obra, quero sugerir que nós deputados possamos entrar com um processo contra eles, o patrocinador desta produção cinematográfica que zomba e vilipendia o Senhor precisa sentir no bolso as consequências deste desrespeito
disse Felipe Souza.

O parlamentar também criticou a posição dos artistas, integrantes do Porta dos Fundos, pelo desrespeito à fé cristã e disse que pretende requerer uma moção de repúdio, com o auxílio de outros deputados da Casa que também são contrários ao conteúdo. 

Quero aqui lamentar a posição desses atores que não sabem fazer humor e desrespeitam a fé das pessoas. O desrespeito é algo absurdo que não vamos tolerar e não vamos nos calar

 completou.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem