O deputado Carlinhos Bessa (PV) usou a tribuna do plenário Ruy Araújo, durante Sessão Plenária desta terça-feira (3) para destacar os investimentos do Governo do Estado na recuperação de ramais e vicinais no interior. O parlamentar salientou o investimento inicial, anunciado em julho deste ano, da ordem de aproximadamente R$ 15 milhões e do Termo de Compromisso no valor de R$ 11 milhões do ´Plano Safra´, para alavancar o setor primário do Estado.


“Recentemente recebi uma denúncia de estudantes que moram no ramal do Pavão, na estrada da Emade do município de Tefé, sobre a precária situação que se encontra o ramal. Venho a tribuna para dar uma resposta a esses estudantes. Já temos um compromisso do governador Wilson Lima para a execução de 2 km de recuperação do ramal, firmado durante o lançamento do Plano Safra Amazonas 2019/2020”, destacou.


Bessa disse, ainda, que o projeto está sendo finalizado e será encaminhado para o processo de licitação. “Ontem mesmo entrei em contato com o titular da Secretaria de Produção Rural, Petrúcio Pereira, e da Secretaria de Infraestrutura, Carlos Henrique, que me garantiram que já está autorizada a destinação da verba para a licitação e o ramal deverá receber, já em 2020, investimentos do Governo do Amazonas”, ressaltou.


O parlamentar salientou a importância do investimento em recuperação de ramais e vicinais para o escoamento da produção rural e para a melhoria da qualidade de vida das famílias que vivem na região. “Enquanto parlamentar é nosso dever trabalhar para que os investimentos cheguem a essas regiões, que precisam de uma via preparada para a escoação de seus produtos. Vejo o interesse do governador Wilson Lima, em atender a essa demanda do interior e estamos aqui para fazer as indicações para a aplicação dessas verbas e cobrar para que o trabalho seja executado”, afirmou Bessa.


As reivindicações dos produtores rurais da estrada do Copacar, no município de Uarini (a 564 km de Manaus), também foram levantadas pelo deputado durante seu discurso. “Uso o Médio Solimões como exemplo, pois é de onde eu venho e sei da realidade, mas sei que outros municípios passam pela mesma situação. Também já fiz um pedido ao Governo para que a estrada do Copacar seja beneficiada com essa melhoria. O cultivo já é um processo difícil, e não podemos permitir que o processo produtivo desses agricultores seja dificultado pela situação das estradas”, finalizou.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem