Conhecido como Dezembro Vermelho, em alusão a campanha de combate à AIDS, o último mês do ano ganhou duas novas cores: verde e laranja. Verde para despertar a consciência social contra o abandono de animais e laranja para alertar sobre o perigo do câncer de pele. Entendendo a importância de todas as campanhas, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), através dos deputados e comissões estão trabalhando atividades durante todo o período dentre e fora da Casa.


Pouco conhecida do público, a campanha do Dezembro Laranja, vem sendo trabalhada pela presidente da Comissão de Saúde, deputada Dra Mayara Pinheiro Reis (PP). A parlamentar tem usado suas redes sociais para disseminar informações sobre como se prevenir e detectar precocemente o câncer de pele.


Mayara, que é médica especializada em dermatologia, explica que a região amazônica concentra a segunda maior incidência do câncer de pele. 

Este câncer muitas vezes não apresenta sintomas e temos aqui no Amazonas muitos trabalhadores que trabalham expostos ao sol, por isso, se faz mais necessário ainda falar sobre o Dezembro Laranja, combatendo a doença com o uso de protetor solar. Hoje existem protetores solares de fator de proteção 30 a baixo custo que, se aplicados a cada duas horas, terão o mesmo efeito de um protetor com fator 70, então dá pra se prevenir gastando pouco
aconselha Mayara



Já a presidente da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável, deputada Joana Darc (PL), trabalha contra o crime de abandono de animais, destacando o Dezembro Verde. Por conta da campanha, o prédio principal da Assembleia Legislativa passou a ser iluminado com a cor verde, desde a noite da terça-feira (3). O acendimento das luzes foi acompanhado por autoridades de órgãos ambientais, ONGs e servidores.


Apoiador da causa, o presidente da Aleam, deputado Josué Neto lembrou que o abandono de animais é crime. 

O abandono é uma forma de maus tratos considerado crime. Cuidar e respeitar os animais é uma responsabilidade de todos, um ato de humanidade

 destaca Josué Neto


Joana Darc (PL) é autora da Lei nº 4.989/2019, que inclui o Dezembro Verde no calendário oficial do Estado do Amazonas. Ela ressalta a castração como uma das medidas para prevenir o aumento populacional de animais nas ruas. 

A gente só consegue reduzir o número de animais nas ruas e evitar que crias indesejadas (ninhadas de cães e gatos) sejam abandonadas em pontos estratégicos por pessoas que não têm consciência, por meio da castração 


Enquanto isso, os laços vermelhos da Campanha Dezembro Vermelho, distribuídos pela Diretoria de Saúde da Assembleia, e a exibição do documentário “HIV: deu positivo”, pela Comissão da Mulher, presidida pela deputada Alessandra Campêlo (MDB), foram sinais de alerta para que as pessoas façam o uso de preservativos durante relações sexuais.



Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem