A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, promoveu na manhã desta terça-feira (10) o I Prêmio de Direitos Humanos do Programa Educando pela Cultura, em homenagem a personalidades que participaram, ao longo de 2019, do Ciclo de Palestras em Direitos Humanos realizado pela Escola do Legislativo. A data de hoje foi escolhida por se tratar do Dia Internacional dos Direitos Humanos.



No dia 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em Paris, estabelecendo a proteção universal dos direitos humanos. “Essa declaração veio para garantir a luta pela dignidade da pessoa humana, independente de sua cor, condição social e escolhas de vida”, afirmou a coordenadora do Educando pela Cultura e do Ciclo de Palestras, Jacy Braga.

Segundo a coordenadora, o intuito com o Ciclo de Palestras de Direitos Humanos, criado pela Escola do Legislativo, foi o de debater a importância de se proteger a liberdade e os direitos de todos os seres humanos, refletindo e trabalhando para a implantação de políticas públicas necessárias para que todos vivam em paz e com dignidade.

“O ciclo foi formado por 20 palestras, em que apresentamos e debatemos sobre os mais diversos temas, e a premiação serve para reconhecer esses profissionais, educadores e lutadores de movimentos sociais, que buscam melhores condições de vida para todos aqueles que pertencem às minorias”, lembrou Jacy.

O evento de encerramento oficial do ciclo de palestras teve início com as apresentações musicais do coral dos alunos do Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Áurea Braga e do cantor Zezinho Corrêa. Em seguida, um monólogo teatral sobre violência e discriminação foi realizado pela atriz e umas das homenageadas, Francy Júnior.



Premiação



O I Prêmio de Direitos Humanos do Programa Educando pela Cultura foi entregue a 13 personalidades que contribuem diretamente para a luta em favor da garantia dos direitos humanos. Quatro servidores da Escola do Legislativo, do setor de Suporte Técnico e Logística, também receberam certificados de Menção Honrosa pelo excelente trabalho desenvolvido na Escola do Legislativo, representados pela gerente Maria Antônia das Graças Sousa.




Prêmio de Direitos Humanos


.Lidyane Cavalcante – pela produção acadêmica e o fomento às discussões de temáticas voltada aos Direitos Humanos;

Luziane Varella – pelos trabalhos realizados pela preservação da vida, sob o tema de Prevenção ao Suicídio;

Gabriel Mota
– em razão da criação da Casa Abrigo para a População LGBTQI+ em situação de vulnerabilidade social
;

Arlete Anchieta – pelo seu trabalho de luta e visibilidade à frente do Fórum Permanente de Afrodescendentes do Amazonas – FOPAAM;

Alberto Jorge – pela realização de atividades de Combate à Intolerância Religiosa e Cultura Afro brasileira, através da Aratrama;

Ney Valente – pelo trabalho de visibilidade, combate ao racismo e inclusão social por meio da prática de capoeira dentro do Projeto Arte e Revelação, além do empoderamento da Cultura Negra no Amazonas;

Irmã Liliana – Casa Mamãe Margarida, pelos trabalhos em atenção à Crianças e Adolescentes;

Maria Solange de Oliveira e Silva DEF/Semed – trabalhos realizados na área da educação na esfera municipal, voltados para a Promoção da Diversidade Religiosa;

Ciro Dantas da Seduc – trabalhos realizados na área da Educação objetivando a promoção da igualdade racial no âmbito estadual;

Auxiliadora Brasil – Conselho Estadual de Direitos da Mulher – trabalhos voltados pra o fortalecimento de políticas em defesa da mulher, combate à violência doméstica e o feminicídio;

Pastoral do Migrante – pelo trabalho de acolhimento e ajuda aos imigrantes haitianos e venezuelanos;

Nancy Segadilha (Conselho da Pessoa com deficiência) – pelos trabalhos em favor de pessoas portadoras de necessidades especiais do Estado do Amazonas;

Francy Jr – pela cultura de resistência, demarcação de espaço de luta, e pelos trabalhos em favor dos direitos da mulher e da população negra do Amazonas.



Via Diretoria de Comunicação

Postagem Anterior Próxima Postagem