A atuação do Movimento Pestalozziano no Estado do Amazonas, que completa 40 anos, promovendo a inclusão social das pessoas com deficiência, foi ressaltada pela deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), na abertura do 5º Encontro Estadual das Fundações Pestalozzi, realizado nesta segunda-feira (18), no auditório Nathanael Rodrigues, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Nas palavras da deputada, a instituição realiza um trabalho de fundamental importância, contribuindo com a política de assistência social do Estado, no desenvolvimento de atividades de educação especial, com formação cultural, esportiva, de lazer e de atenção à saúde, promovendo a inclusão e a qualidade de vida das pessoas com deficiência e de seus familiares.

Participaram da mesa que dirigiu o encontro, ao lado da deputada Therezinha, a presidente da Federação Nacional das Associações Pestalozzi, Ester Alves Pacheco, o presidente da Federação das Associações Pestalozzi do Estado do Amazonas (Faspam), Jorge Wiliam Campos e o autodefensor Raimundo.

A programação do evento contou com a participação do mentor de marketing estratégico, Francisco Lemos, que dinamizou as atividades com a palestra motivacional “Como alavancar uma missão para transformar vidas”.

Um panorama das atividades realizadas no atendimento às pessoas com deficiência no Amazonas foi apresentado por representantes das Associações Pestalozzi dos municípios de Nova Olinda do Norte, Manaquiri, Parintins, Maués, Boa Vista do Ramos, Manicoré, Coari, Tonantins e de Manaus.

Na amostra das atividades, cada um dos municípios apresentou ações realizadas na área educacional, de lazer e de atenção à saúde. Eles defenderam melhores condições estruturais e repasses financeiros a fim de ampliar o atendimento, com profissionais capacitados.

Um dos problemas enfrentados diz respeito a questões administrativas que resultam em entraves burocráticos e dificultam a realização de convênios. “Mas procuramos solucionar os impasses, e buscamos também o apoio junto aos prefeitos”, destacou Jorge Wiliam Campos, presidente da Faspam.

As atividades do encontro seguiram com o Ciclo de Treinamento coordenado pela presidente da Fenapestalozzi, Ester Alves Pacheco. O Movimento Pestalozzi de autodefensores, abordou questões sobre o Manual da Marca Pestalozzi, a Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas) e gestão administrativa e financeira

O encontro encerrou com roda de debates.


Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem