O coronel PM Walter Rodrigues da Cruz Júnior, aliado do ex-governador Amazonino Mendes (sem partido), nem chegou sentar na cadeira de superintendente regional do Incra no Amazonas e já não é mais o titular do órgão, cargo para o qual foi nomeado na última sexta-feira, dia 1º.



A revogação da portaria de nomeação foi publicada no Diário Oficial da União na madrugada desta quarta-feira, dia 6, em ato assinado ontem pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa da Costa.

A queda de Walter Cruz já era cogitada no fim de semana com argumento de que ele falou muito ao dizer que sua chegada ao comando da superintendência "não havia contado com apoio de nenhum político do Estado, mas apenas com sua competência técnica".



Via BNC
Postagem Anterior Próxima Postagem