A sustentabilidade, a preservação ambiental, aliadas à manutenção da Zona Franca de Manaus (ZFM), serão temas abordados por palestrantes de renomes nacionais e internacionais na I Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM), evento que nasce como um novo conceito de defesa do modelo econômico do Amazonas.

O evento acontece nos dias 27, 28 e 29 de novembro, no Stúdio 5 e conta com uma programação diferenciada que promete atrair a atenção do público e mostrar a importância do PIM para o país e para o mundo, fazendo com que o potencial do modelo que alia desenvolvimento econômico a partir do uso de recursos naturais de maneira correta seja reafirmado.

Serão três dias de palestras, uma delas com o tema "Bioeconomia na cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável", do alemão, Doutor Ph.D em antropologia social, mestre em filosofia, antropologia social e psicanálise, Bernd Mitlewski, que possui mais de 20 anos de experiência profissional em planejamento e gestão de projetos internacionais no setor de proteção/conservação de florestas tropicais e na coordenação de grandes equipes.

Espero poder contribuir com as discussões para a conscientização dos participantes da fesPIM, tanto do lado produtor como do lado consumidor, para a relevância – ou até a indispensabilidade - da bioeconomia para uma economia futura viável, frente ao crescimento contínuo do universo consumidor, comentou Bernd.

Ainda na opinião do palestrante, o mercado consumidor tem se tornado mais exigente em termos de qualidade ambiental dos produtos, tantos alimentícios como industriais, e está disposto, inclusive, a pagar mais por produtos mais responsáveis em termos ecológicos e sociais. "A iniciativa do Piatam e Suframa se alinha a tendências econômicas mundiais e pode ter um efeito orientador para o mercado brasileiro como um todo", acrescentou o alemão.

Outra temática que será abordada na Feira, é a sustentabilidade da mineração e seus desafios, palestra que será ministrada pelo professor da Universidade de Vancouver, no Canadá, Marcello Veiga.

Para o professor, o desenvolvimento sustentável no Amazonas, não é aquele que precisa de bilhões de investimentos, mas sim o que conta com a capacidade de criatividade, inovação, potencialidade e pouco investimento, tudo o que o Amazonas tem, segundo Veiga.
É muito importante que esse tipo de abordagem que tenho defendido seja uma abordagem fundamental da Amazônia, que não estejamos tão interessados em projetos gigantes e sim em um gigante número de pequenos projetos. Existe um potencial para desenvolver, vou citar um exemplo: a energia alternativa dentro da mineração de pequena escala, e não estou falando de um garimpo desordenado, mas sim, de um avanço do garimpeiro para que ele seja um pequeno minerador responsável. É por isso, que tenho lutado toda a minha vida, é por isso que tenho trabalhado em mais de 40 países no mundo inteiro há tanto tempo, afirmou o professor.


Inscrições fesPIM
As inscrições para ter acesso a área de exposições, palestras iniciaram na terça-feira (5). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no endereço: www.fespim.com.br



FESPIM – Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus
Palestrantes e Debatedores. Especialistas e profissionais que atuam em prol de iniciativas sustentáveis para a Amazônia e o Brasil.
www.fespim.com.br


A I fespIM é direcionada a empresários, investidores, estudantes e público em geral. O evento contará com 130 stands sustentáveis e pretende atrair nos três dias um público de pelo menos 40 mil pessoas.



Fotos: Divulgação
Flyer: Ekco Produções
Postagem Anterior Próxima Postagem