Time comandado por Jesus levou vantagem sobre a equipe de Marcelo Gallardo no confronto posição vs posição com os possíveis times titulares que entrarão em campo no próximo sábado (23), em Lima, no Peru. O duelo começa ás 16:00 horas no horário de Manaus

Enquanto a bola não rola para Flamengo e River Plate, pela decisão da Libertadores, a gente faz o aquecimento para o duelo mais esperado do ano no futebol sul-americano. Dentro de campo, se espera um confronto equilibrado e a ser decidido nos detalhes, mas e fora dele? Será que também há uma igualdade quando o assunto é o embate das prováveis escalações para a grande final?


Para saber isso, a redação do Esporte Interativo promoveu um raio-x com as possíveis formações que Jorge Jesus e Marcelo Gallardo vão levar ao campo do Monumental de Lima, no Peru, aonde será disputada a primeira decisão em jogo único da história da Libertadores da América. 


E, pelo menos na teoria, o Flamengo leva vantagem sobre o tradicional time argentino. Depois de uma votação nome a nome, o Rubro-Negro carioca superou o River Plate em oito batalhas. Os Millonarios levaram a melhor em outras quatro. Confira abaixo estes enfrentamentos de forma dissecada.



DIEGO ALVES vs ARMANI: Apesar de viver grande fase com a camisa do Flamengo, Diego Alves levou a pior no duelo com Franco Armani. O goleiro é um dos pilares deste River Plate dominante na América do Sul nos últimos anos e tem como marca a regularidade com a camisa do seu clube. Apesar do momento encantado, o camisa 1 rubro-negro viveu momentos de instabilidade em 2019 e chegou a ser vaiado pela torcida. Além disso, Armani é goleiro de seleção argentina, tendo sido titular em alguns jogos da Copa do Mundo de 2018 e também na campanha da Copa América deste ano, disputada no Brasil. Vencedor: Armani


RAFINHA vs MONTIEL: O jovem Montiel, de 22 anos, é um bom valor do River Plate e um nome importantíssimo no sistema de Marcelo Gallardo. Apesar disso, na disputa com Rafinha, a vitória fica distante para o lateral-direito. O flamenguista, multicampeão no futebol europeu, chegou ao Flamengo para mudar o patamar do time e tem futebol que sobra no Brasil e nos demais países da América do Sul. Vencedor: Rafinha


RODRIGO CAIO vs MARTÍNEZ QUARTA: Rodrigo Caio chegou ao Flamengo sob desconfiança da torcida, mas rapidamente conquistou a confiança dos rubro-negros. Com um estilo técnico e de muita precisão na bola aérea, tomou conta da posição no clube. Já Martínez Quarta vem de falhas seguidas nos últimos jogos do River Plate. Ponto para o camisa 3 da Gávea. Vencedor: Rodrigo Caio


PABLO MARÍ vs PINOLA: O espanhol desembarcou no Rio de Janeiro como desconhecido, mas logo caiu nas graças do torcedor. Zagueiro de classe e de posicionamento impecável, se tornou de forma fulminante um dos grandes nomes do futebol brasileiro na temporada. Porém, no desafio perante a Pinola, ele sai perdedor. O capitão do River é um dos profissionais mais importantes do clube, não só nos últimos anos de títulos, como em sua história. É ídolo 'millonario'. Vencedor: Pinola


FILIPE LUÍS vs CASCO: Batalha de grande disparidade na lateral esquerda. Jogador correto, Casco tem o futebol bastante distante do de Filipe Luís, jogador de nível europeu e que vem encantando a torcida do Flamengo nestes poucos meses de clube. Essa foi fácil! Vencedor: Filipe Luís


WILLIAN ARÃO vs ENZO PÉREZ: 'Transformado' por Jorge Jesus, Arão foi de indispensável aos olhos do torcedor a imprescindível sob o comando do português. Apesar disso, o momento brilhante não é suficiente para deter Enzo Pérez, que é um dos líderes do River. Jogador de Copa do Mundo, é renomado nas Américas e foi durante bastante tempo um atleta consistente na Europa. Vencedor: Enzo Pérez


GERSON vs IGNACIO FERNANDEZ: Confronto duríssimo. Meio-campista muito funcional e de ótima técnica, é peça-chave para que o sistema do River Plate funcione de forma correta. No entanto, no 'um a um' com Gerson, leva pequena desvantagem, já que o flamenguista foi, talvez, o principal nome na virada que a equipe deu rumo aos quase 30 jogos de invencibilidade em 2019. O ex-Roma e Fiorentina vem tendo nome cobrado na seleção brasileira. Vencedor: Gerson



ARRASCAETA vs PALACIOS: Dois nomes de altíssimo nível, no entanto com vantagem para o uruguaio do Flamengo. Extremamente decisivo, soma 16 gols e 14 assistências na temporada. É um dos caras que podem desequilibrar a decisão do próximo dia 23 em apenas um lance. No duelo de craques, melhor para o do clube brasileiro. Vencedor: Arrascaeta


ÉVERTON RIBEIRO vs BORRÉ: Dois jogadores que atravessam ótima fase e são importantíssimos para os momentos de suas equipes. Mas quem sai na frente nessa? A verticalidade e vocação para fazer gol de Borré ou a habilidade e facilidade para deixar os companheiros na cara dos goleiros de Éverton Ribeiro? Nesse caso, a magia do camisa 7 rubro-negro, podendo resolver partidas em um curto espaço, pesou a favor. Vencedor: Éverton Ribeiro



BRUNO HENRIQUE vs DE LA CRUZ: Que De La Cruz é um dos grandes destaques do River Plate, ninguém discute, mas nesse enfrentamento ele bate de frente com aquele que, hoje, é considerado o melhor jogador do Brasil: Bruno Henrique. Não há como votar diferente. Vencedor: Bruno Henrique


GABIGOL vs MATÍAS SUÁREZ: Mais uma que não há como existir outro vencedor, né? 38 gols no ano para o camisa 9 flamenguista, que é o atual artilheiro do Campeonato Brasileiro e da própria Libertadores. O centroavante argentino larga muito atrás aqui. Vencedor: Gabigol


JORGE JESUS vs MARCELO GALLARDO: Dois treinadores de excelência, que têm seus estilos bastante reproduzidos em campo. Jesus mudou o patamar do Flamengo em um curto prazo, mas Gallardo acabou mudando a história do River Plate com o bicampeonato recente da Libertadores. Por isso, o trabalho a longo prazo, a continuidade e a conquista de títulos em sequência, pesam a favor de Marcelo. Vencedor: Marcelo Gallardo



RESULTADO FINAL: FLAMENGO 8X4 RIVER PLATE




Via Esporte Interativo
Postagem Anterior Próxima Postagem