O Amazonas ganhou uma fundação para tratar exclusivamente do desenvolvimento de políticas públicas de apoio aos esportes de alto rendimento. A boa nova foi anunciada pela deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) durante a Sessão Plenária desta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).


A medida do Governo surge em meio à reforma administrativa que deslocou a Sejel para a Seduc, que agora é chamada de Secretaria de Estado de Educação e Desporto. A criação da Fundação Amazonas de Alto Rendimento foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 1° de novembro, autorizada pela Lei Delegada n° 124/2019.


A deputada Alessandra, que foi secretária da Sejel entre fevereiro de 2012 e abril de 2014, acredita que a Fundação Amazonas de Alto Rendimento será importante para os atletas e as federações que trabalham com as modalidades olímpicas e paralímpicas no Estado.

“Quando tivemos a reunião para tratar da reforma administrativa eu pedi que fosse criado um órgão para trabalhar o esporte de alto rendimento, já que o esporte educacional foi colocado onde deveria estar, que é na Seduc. O Estado, entendendo que o alto rendimento não poderia estar na Seduc, nos ouviu e acabou de publicar no Diário Oficial a criação da Fundação Amazonas de Alto Rendimento”, informou Alessandra.

Para a parlamentar, que tem base no esporte, o próximo passo do seu mandato agora é lutar pela criação do programa Bolsa Atleta Estadual. Alessandra apresentou inicialmente o projeto em 2015, mas o ex-governador José Melo vetou a iniciativa, que foi transformada em indicativo ao Governo do Estado.

“A Fundação Amazonas de Alto Rendimento poderá, inclusive, trabalhar com o Bolsa Atleta para os nossos atletas participarem das competições e levarem o nome do nosso Amazonas como fez o Sandro Viana, medalhista olímpico que acaba de receber o bronze de Pequim 2008”, encerrou a deputada.

Via Assessoria da Deputada

Postagem Anterior Próxima Postagem