Convênio, assinado no plenário da Assembleia Legislativa, oferta 60 vagas no curso de pós-graduação em Processos Legislativos e Políticas Públicas



A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) assinou, na manhã de ontem quarta-feira, 9, convênio com a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). O objeto é ofertar curso de pós-graduação em Processos Legislativos e Políticas Públicas da Faculdade de Direito aos servidores do poder Legislativo. Ao todo, serão 60 vagas e as inscrições podem ser feitas, a partir do dia 10 de outubro, na Escola do Legislativo Senador José Lindoso.


Na solenidade, o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, ressaltou que a parceria entre a Universidade e o Poder Legislativo Estadual é antiga. 

A Ufam, por meio da Faculdade de Direito, ao oferecer a pós-graduação em Processos Legislativos e Políticas Públicas aos servidores do poder Legislativo cumpre a sua missão de disseminar o conhecimento na Amazônia. Essa é mais uma oportunidade de interação da Ufam com a Aleam, em uma área importante, como o Direito. Temos mestrado em Direito na Ufam e, este ano, a nota cinco no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o que mostra a qualidade do nosso curso de graduação e pós-graduação, enfatizou.  

  

O presidente da Aleam, deputado estadual Josué Neto (PSD), destacou que a capacitação de servidores da Casa Legislativa atende a necessidade do serviço e, também, a promoção pessoal.

É uma honra para a Aleam firmar parceria com a Ufam, instituição que tenho carinho por ser egresso de Ciências Econômicas. Nós entendemos que este é um momento de valorizar o servidor, pois servidores capacitados são profissionais motivados. Qualificá-los significa melhorar os serviços oferecidos a nossa população do Amazonas, ponderou o presidente da Casa.    


Para diretor da Faculdade de Direito da Ufam, professor Carlos Alberto de Moraes Ramos Filho, a especialização estreita as relações entre as duas instituições. 

Poder estabelecer um convênio entre a Faculdade de Direito e Aleam permite aproximar o desenvolvimento de políticas públicas, planejadas pelo poder Legislativo, à nossa Universidade, explicou o diretor.


O coordenador da pós-graduação em Processos Legislativos e Políticas Públicas da Faculdade de Direito, professor Adriano Fernandes Ferreira, explicou que a especialização busca, na área do Ensino, qualificar os servidores da Aleam e na Pesquisa realizar publicações do material produzido pelos futuros pós-graduandos. 

A pós-graduação tem duração de 18 meses e será dividida em 15 módulos. Além dos professores da Faculdade de Direito, algumas referências nacionais na área de Processos Legislativo e Políticas Públicas serão convidadas para ministrar módulos, esclareceu.


De acordo com o diretor da Escola do Legislativo, João Paulo Jacob, o curso é dinâmico e, como envolve Políticas Públicas, não é voltado apenas para graduados em Direito.

Qualquer servidor interessado, com graduação, pode fazer a pós-graduação em Processos Legislativos e Políticas Públicas. Sem dúvidas é um ganho para os participantes porque no decorrer do curso serão abordados mecanismos e práticas entre o poder Legislativo e Políticas Públicas para que a Casa cumpra o seu dever, que é melhorar e avançar no atendimento da população em geral, finalizou.  


Via Ufam
Postagem Anterior Próxima Postagem