Com o objetivo de proporcionar boas condições físicas e mentais aos servidores da educação, a deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB) apresentou Projeto de Lei que cria o Programa de Ginástica Laboral nas escolas da rede pública de ensino.


A ginástica laboral é uma das grandes aliadas no combate à má postura corporal e à fadiga originada por esforços excessivos ou repetitivos no ambiente de trabalho. Essa prática vem sendo utilizada no setor privado, propiciando momentos de relaxamento pela atividade física dos funcionários. “Nada melhor do que adotarmos esses exercícios nas escolas, visando proporcionar um ambiente de trabalho saudável aos servidores, especialmente os professores, para que as atividades pedagógicas sejam realizadas com bom aproveitamento”, destaca a deputada Therezinha Ruiz.


O projeto estabelece que a ginástica laboral deverá ser executada por todos os servidores, com exercícios de alongamento específico para cada tipo de atividade, por um período mínimo de 10 minutos, no máximo a cada quatro horas de trabalho.


As pausas para a realização da ginástica laboral serão contadas como tempo efetivamente trabalhado, vedada a prorrogação não remunerada da jornada de trabalho sob esse pretexto, determina o projeto. As sessões de ginástica deverão ser oferecidas e orientadas por profissional habilitado, podendo ser o profissional de educação física já lotado na unidade educacional.


Existem dois tipos de ginástica laboral, a preparatória que é realizada antes, ou nas primeiras horas de trabalho, que consiste de alongamento ativando a circulação sanguínea, a viscosidade e a lubrificação das articulações. O outro tipo é a Compensatória, realizada no meio da jornada de trabalho, como uma pausa, e ajuda a diminuir a fadiga e prevenir doenças ocupacionais crônicas.



Benefícios


Benefícios da ginástica laboral: prevenção de doenças causadas no trabalho; redução do sedentarismo; melhora do condicionamento físico; redução do cansaço; combate às tensões; melhora da autoestima; aumento da produtividade; diminuição dos afastamentos; melhoria na interação entre os servidores.


Via Assessoria da Deputada

Postagem Anterior Próxima Postagem