O empresário Romero Reis anunciou que após conversar com dirigentes de vários partidos que o procuraram depois de sua desfiliação do PSL, optou por aderir ao quadro do Partido Novo, ontem quarta-feira (23), em virtude dos preceitos que o norteiam.
Foi uma decisão amadurecida com tranquilidade e ponderação. O Partido Novo está alinhado com o que acredito ser o caminho para recuperarmos o País. É contra a utilização do fundo partidário em campanha política por entender que este recurso pode ser melhor aplicado em saúde, educação, segurança; defende a geração de empregos a partir da redução da carga tributária e está alinhado com as propostas de resgate dos valores do presidente Jair Bolsonaro, declarou Romero Reis.


A assinatura do termo de filiação ocorreu ontem a noite de forma online. Está programado para o final do mês de novembro um evento com a presença de personalidades do Partido Novo para dar início a seletiva dos potenciais candidatos à prefeitura de Manaus.


Como integrante do Partido Novo, Romero Reis pretende contribuir com sua vasta experiência no campo empresarial e de engenharia apresentando propostas de como melhorar a infraestrutura da cidade de Manaus, reduzir o déficit habitacional, alavancar mais negócios. Nas prévias do partido, submeterá seu nome a apreciação para concorrer à prefeitura de Manaus.




Partido Novo

O Novo foi constituído em 2011 por 181 cidadãos insatisfeitos com o montante de impostos pagos pela população e a qualidade dos serviços públicos prestados. Em 2015, o Tribunal Superior Eleitoral concedeu o registro ao partido, que contou com 502 mil assinaturas de apoio para a sua criação.


O 33º partido brasileiro, na sua primeira eleição em 2016, elegeu quatro vereadores em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte, No ano passado, concorreram pelo Partido Novo 409 candidatos. Foram eleitos 11 deputados estaduais, um distrital e oito deputados federais. O partido também lançou candidato próprio à presidência, João Amoêdo, que teve 3% dos votos válidos.




Romero Reis

O empresário Romero Rei foi oficial do Exército Brasileiro chegando ao posto de major. Cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e, posteriormente, no Instituto Militar de Engenharia (IME). Ingressou no quadro de Engenharia Militar do Exército. Contribuiu para a construção de obras relevantes para o Estado como a edificação do quartel do município de Tefé, que promove a segurança em uma área utilizada pelos narcotraficantes como rota de escoamento de drogas.


Assim que foi para a reserva, fixou residência em Manaus há 28 anos. É presidente da RD Engenharia e vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico da Cidade de Manaus (CODESE).



Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem