Técnicos da Controladoria Geral da União e do Tribunal de Contas da União vão averiguar todos os processos da Secretaria Especial de Saúde Indígena



ABRINDO A CAIXA PRETA DA SESAI
Transparência total. Essa é a determinação da atual gestão da Saúde Indígena no Ministério da Saúde. Para isso, a Secretária Sílvia Waiãpi determinou, no dia 21 de Outubro, o estabelecimento de parceria com os órgãos de controle externo para que cada processo licitatório no âmbito da Saúde Indígena seja auditado e conferido.


Ao contrário das gestões anteriores, nós vamos facilitar o acesso aos processos, provocar a fiscalização e demonstrar, com documentos, que estamos fazendo uma gestão limpa e transparente, afirmou a secretária que determinou cooperação total e portas completamente abertas aos auditores externos.


A secretária Sílvia Waiãpi já havia abordado o tema na audiência pública realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil quando disse que "só a mais completa transparência na gestão poderia mostrar para onde vai cada centavo dos recursos destinados a promover serviços de saúde aos povos indígenas brasileiros".



Texto e foto Via Facebook
Postagem Anterior Próxima Postagem