De autoria do presidente da Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento, deputado estadual Sinésio Campos (PT), ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (22), uma Sessão Especial com os representantes do Conselho de Administração da Amazonas Energia, o Diretor de Distribuição no Interior, senhor Radyr Gomes de Oliveira, que pautou sobre os contratos de execução de obras do Programa Luz para Todos (LPT) e apagões nos municípios.

Durante seu pronunciamento, Sinésio relatou a importância do LPT para as comunidades do Amazonas.

Como disse o Diretor Radyr Oliveira, nossa luta pela continuidade do LPT vem desde o início do Programa em 2003. O objetivo da reunião hoje com a presença dos comunitários é esse, fazer com que eles possam ouvir e ver, dos próprios representantes da empresa, a apresentação da execução de obras do Programa de Obras do Luz Para Todos que vem sendo realizada para que, assim, o Luz Para Todos, que tem mais de 250 milhões de recursos investido do Governo Federal, seja aplicado na sua destinação final, que é levar energia elétrica para nossos amigos dos municípios, levando também mais dignidade social e desenvolvimento econômico para as comunidades, ou seja, o LPT será executado no 9° e 10° tranche e estaremos acompanhando o trabalho, disse o parlamentar.

O Diretor de Distribuição do Interior, Radyr Gomes, falou que já foi realizado mais de 140 mil ligações por meio do Programa Luz Para Todos em diversas comunidades e que o contratado de todas as empresas que irão executar as ligações no 9° e 10° tranche já foi realizado.
Nós temos a clareza da importância desse programa. As empresas já foram contratadas e afirmamos que nosso compromisso é de concluir o cronograma de obras do 9° e 10° tranche. Agradecemos ao deputado Sinésio pela autoria dessa importante reunião. Eu digo que, no momento mais difícil da continuidade do programa Luz Para Todos, ele esteve sempre presente e hoje, aqui com os comunitários presentes, tivemos a oportunidade de esclarecer as dúvidas pertinentes de cada um, disse Radyr.

Durante a Sessão foi pautado ainda a falta de manutenção da rede elétrica quem vem causando transtornos sociais às comunidades do Amazonas.

Queremos luz sim, mas uma luz de qualidade que garanta continuidade nos serviços prestados pela Amazonas Energia, explanou Sinésio.

O Diretor Radyr Oliveira explicou que as pessoas que foram prejudicadas com a queima de eletrodomésticos podem ser ressarcidas.

Entre em contato. Quem se sentiu prejudicado, tanto da capital ou município, pode falar com a empresa que iremos avaliar a situação e, se afirmado que a pessoa foi prejudicada por conta da queda de energia, é claro que iremos ressarcir o cliente para que ele não se sinta penalizado, relatou o diretor.





Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem