A vice-presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputada Alessandra Campêlo (MDB), votou a favor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que autoriza o Executivo a usar R$ 300 milhões da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) para pagamento do 13º salário dos servidores públicos estaduais.

No mês de agosto, Alessandra endossou junto com o deputado Serafim Corrêa (PSB), o requerimento enviado ao Governo apontado a possibilidade de uso dos recursos da Afeam como alternativa para o pagamento do 13º dos servidores. A deputada justificou seu voto dizendo que a PEC não causará nenhum tipo de prejuízo aos empreendimentos financiados pela agência.

“Me sinto muito confortável em votar essa matéria a favor dos servidores públicos do Estado e voto com muita convicção porque acompanho há cinco anos o trabalho da Afeam. Eu sei que esse dinheiro que está em caixa serve para especulação financeira, serve apoiar grandes projetos falidos”, disse Alessandra, relembrando um caso rumoroso da administração do ex-governador José Melo, no qual foi denunciado por ela o “sumiço” de mais de R$ 20 milhões numa operação da Afeam com a empresa Transexpert Transporte de Valores, do Rio de Janeiro.

Para Alessandra, a alternativa construída pelo Governo do Estado em conjunto com a Assembleia Legislativa teve objetivo de ajudar a pagar o 13º dos servidores e minimizar os efeitos nocivos do déficit deixado pelas gestões anteriores nas contas públicas.

“O que está em jogo aqui é: você está a favor dos grupos de especulação financeira ou você está a favor dos servidores públicos? Essa propositura foi um das mais felizes desta Casa e isso ficou claro porque foi uma solução para garantir o pagamento do 13º de uma folha que começou o ano com mais de R$ 1 bilhão de déficit”, enfatizou Alessandra.


Via Assessoria da Deputada
Postagem Anterior Próxima Postagem