Continuando as ações relativas à campanha Outubro Rosa, o auditório Senador João Bosco recebeu um ciclo de palestras sobre câncer de mama e câncer de colo de útero na manhã desta segunda-feira (14). O evento é uma realização conjunta do Centro Médico e das Comissões de Saúde e da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).


O médico Arnoldo Andrade, diretor do Centro Médico da Assembleia, ressaltou que desde a criação o corpo do Centro Médico dedica um esforço especial à prevenção. “Já há muito trabalhamos a prevenção na área da saúde. Como eu costumo dizer, a prevenção e a educação em saúde evitam ambulatórios e consultórios abarrotados de gente, porque é um equívoco pensar que os consultórios cheios são um bom sinal, já que quando as pessoas têm saúde elas não procuram os ambulatórios e consultórios”, exemplificou.


O cirurgião plástico Euler Ribeiro Filho palestrou sobre o câncer de mama e a importância do autoexame para um diagnóstico precoce. “O mais importante hoje quando se fala de diagnóstico é a apalpação da própria mulher, na sua casa. O autoexame diagnostica a grande maioria dos casos de alterações na estrutura da mama e ajuda – no caso de confirmação de câncer, que seja feita uma intervenção menor, se for tratada no início – trazendo mais conforto e mais rapidez na recuperação e autoestima da paciente”, aconselhou.


Maria Eugênia Seffair Lins, médica ginecologista do Centro Médico da Assembleia, ministrou palestra sobre o câncer de colo de útero, enfatizando a importância das mulheres fazerem o exame preventivo anualmente. “Na nossa região, o índice de câncer de colo de útero é maior que no restante do país. Como o câncer tem um tempo para chegar a um estágio avançado de decomposição da estrutura do colo de útero, apresentando primeiramente lesões que são fáceis de serem tratadas, esse alto índice mostra que a nossa falha é na prevenção”, apontou, acrescentando que casos de câncer de colo de útero em mulheres jovens não são incomuns no Amazonas.


A enfermeira Heloísa de Souza Pereira palestrou sobre o autoexame. “É importante que as mulheres saibam como é feito o autoexame da mama, quais as áreas devem ser examinadas, como identificar sinais de alterações que não podem passar despercebidos e o que fazer após o autoexame”, afirmou.


Maria Izabel Barbosa da Silva, enfermeira servidora do Centro Médico, reforçou a importância do caráter preventivo da palestra. “A maior parte dos nossos servidores são mulheres e é importante ter acesso a todo tipo de informação para amenizar esse alto índice no Amazonas. Assim, uma mulher vai passando a informação para a outra e assim por diante vamos combatendo este mal”, declarou.



Via Diretoria de Comunicação
Postagem Anterior Próxima Postagem