Uma das propostas garante a matrícula dos dependentes das vitimas nas escolas


Sanção de projetos que alteram a Lei Maria da Penha Foto: Alan Santos/PR


Presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou dois projetos voltados para a garantia da segurança das mulheres. Um deles prevê a apreensão de arma de fogo sob posse de agressor em casos de violência doméstica.

Neste caso, feito o registro de ocorrência da agressão, a autoridade policial deve verificar imediatamente se o agressor possui registro de posse ou porte de arma de fogo. Se possuir, a instituição responsável pela concessão do registro ou da emissão do porte deverá ser notificada.

Outro projeto tem por objetivo garantir a matrícula dos dependentes da mulher vítima de violência doméstica e familiar em instituição de educação básica mais próxima de seu domicílio.

Durante assinatura, estiveram presentes parlamentares.  

É mais um suporte à Lei Maria da Penha, disse a senadora Leila Barros (PSB-DF). 

Via Secom PR
Postagem Anterior Próxima Postagem