No dia Nacional dos Surdos, celebrado todo dia 26 de setembro, a deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB) ressaltou a importância de uma educação inclusiva que atenda as necessidades dos alunos que apresentam deficiência auditiva. “São pessoas que precisam ter os seus direitos garantidos pelo Poder Público e respeitados pela sociedade, com ações de conscientização e políticas de atenção especial no ensino, para que possam desenvolver as suas habilidades”, salientou a deputada.

Presidente da Comissão de Educação, Therezinha participou da Cessão de Tempo com a presença de professores e alunos da Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos, referência na educação especial bilíngue, priorizando o método da língua em Libras, direcionado aos alunos com deficiência auditiva ou surdez.

Durante o evento, Therezinha Ruiz entregou o cerificado de honra ao mérito ao professor Hamilton Rodrigues, um dos homenageados, em reconhecimento à sua contribuição à educação das pessoas com deficiência auditiva.

A Cessão de Tempo foi promovida por iniciativa do deputado Wilker Barreto (Podemos), que reivindicou melhorias na estrutura da Escola Augusto Carneiro dos Santos, visando o atendimento adequado e eficiente aos alunos e professores.


Nova escola
Aproveitando a oportunidade, a deputada Therezinha Ruiz consultou a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) sobre as condições do atual prédio da escola e foi informada de que as providências para a construção de uma nova escola já estão em andamento.

“O novo prédio da escola Augusto Carneiro será construído na avenida Japurá com salas adaptadas e apropriadas para a educação especial, que vai oferecer as condições adequadas para os professores  e o conforto necessário para os alunos com surdez”, adiantou a deputada, após as informações recebidas por telefone, da equipe de engenharia responsável pelo projeto.

Therezinha Ruiz destacou ainda, o Projeto de Lei (PL) de sua autoria em tramitação na Assembleia Legislativa, que determina a presença de intérpretes de Libras, nos eventos culturais e sociais promovidos por órgão públicos ou pela iniciativa privada, para que as pessoas com deficiência auditiva possam compreender o desenrolar das apresentações.


 Via Assessoria da Deputada

Postagem Anterior Próxima Postagem