O deputado Felipe Souza (Patriota) usou a tribuna da  Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quarta-feira (25), para relatar sobre reunião que aconteceu pela manhã de terça-feira (24), na Sede do Governo Estadual, entre os Técnicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o vice-governador Carlos Almeida  e a Frente Parlamentar do Polo Tecnológico Vale do Rio Negro.

Além do deputado Felipe Souza, que é o coordenador estadual do Polo Tecnológico, esteve também na reunião o presidente da Frente Parlamentar, vereador Ewerton Wanderley (PSDB), o consultor técnico do projeto do Polo Tecnológico, professor Leonardo Costa, e técnicos do governo estadual. Pelo BNDES, vieram de Brasília os gerentes da Área de Governo e Relacionamento Institucional, Anderson Marques e Ricardo Antônio Torres Rodrigues.

Os técnicos do BNDES disseram a Carlos Almeida que ficaram bastante impressionados com o projeto do Polo Vale do Rio Negro e abriram a possibilidade do banco de fomento também ajudar na modelagem do projeto para que esteja apto a buscar financiamentos em organismos como o Fundo Amazônia, que está na estrutura do BNDES.

Segundo o consultor técnico do Polo Tecnológico, prof. Leonardo Costa, o projeto é sustentado pela tripla hélice academia/governo/empresa e prevê a criação da certificação do primeiro selo do software verde no mundo, primeiro laboratório de pesquisa e comercialização de criptomoedas, o Jungle Game Lab, e Casa do Carbono para desenvolver tecnologia sobre emissão de créditos de carbono. Outra parte do Polo do Vale do Rio Negro prevê a construção de um grande complexo turístico em uma área de 13 milhões de metros quadrados já completamente licenciada.

Carlos Almeida disse que ficou bastante impressionado pela qualidade do projeto e seus efeitos positivos na economia do Amazonas, principalmente na geração de emprego e renda. “Assim como o governador Wilson Lima, fiquei bastante entusiasmado com o projeto e, com essa possibilidade do BNDES abrir financiamento, tenho certeza que o Polo Tecnológico Vale do Rio Negro vai avançar a passos largos”, disse o Vice-governador.

Felipe Souza disse que o projeto do Polo Tecnológico avança e vai se tornar uma nova alternativa na Economia do Estado do Amazonas. “Estamos com um ambiente favorável para o projeto e agora, com o Governo Federal e Estadual se incorporando, já considero uma realidade para a economia do nosso Amazonas”, disse o deputado.


Via Assessoria do Deputado
Postagem Anterior Próxima Postagem