O deputado Serafim Corrêa (PSB) disse que a advocacia se faz cada vez mais necessária, porque vivemos momentos em que os direitos do cidadão estão ameaçados. A afirmação feita durante a homenagem ao Dia dos Advogados, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quinta-feira (15) – se baseia nas transformações políticas e econômicas pelas quais o país atravessa. A propositura é dos deputados Serafim e Delegado Péricles (PSL).

Segundo o deputado Serafim Corrêa, que também é advogado tributarista, a homenagem é mais do que merecida. “A profissão do advogado revela-se cada vez mais necessária, porque o mundo, e não apenas o Brasil, vivem momentos que o direito é sempre ameaçado. Especialmente no nosso país vivemos um momento que a cidadania está ficando para trás, está ficando encostada na parede. É o último bastião que resta daqueles que são acusados disto ou aquilo, em última análise do cidadão, é exatamente o advogado. Para termos Justiça é preciso que haja consenso. É preciso que haja serenidade, equilíbrio. O objetivo da justiça é ter a paz social. Termos menos desigualdades, menos agressões, menos mortes”, disse Serafim.

O deputado lembrou que o Dia do Advogado é datado em 11 de agosto, porque foi nesse exato dia que os primeiros cursos de direito foram criados no país. “O dia 11 de agosto é o Dia do Advogado, exatamente porque foi neste dia, em 1827, que Dom Pedro I criou os dois primeiros cursos de direito no Brasil: a da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, de São Paulo,  e a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco. Isso foi no século XIX. Estamos prestes a completar 200 anos da profissão no Brasil”, explicou Serafim.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, e a vice-presidente, Grace Anny Fonseca Benayon Zamperlini, estiveram presentes na solenidade.  Choy agradeceu à homenagem e destacou que a advocacia é a voz constitucional do cidadão.

“A advocacia é a voz constitucional do cidadão. O cidadão só chega ao poder judiciário, só consegue levar as suas demandas por intermédio do advogado. Então, a cada dia, a importância da advocacia se fortalece cada vez mais e é de grande peso que a Casa do Povo, neste caso a Assembleia Legislativa, preste essa relevante homenagem”.

O ex-presidente da Aleam, José Dutra, foi um dos homenageados. Ele destaca a importância do parlamento reconhecer o papel da advocacia junto aos direitos dos trabalhadores. “É uma homenagem justa para todos os profissionais da advocacia. Me sinto feliz por ter presidido está Casa e de estar sendo homenageado por ela. Vejo que a passos curtos começam a subtrair direitos dos trabalhadores e isso remete os advogados a representar esses cidadãos”, alertou Dutra.

Durante a homenagem 17 advogados receberam certificados de honra ao mérito: Arnoldo Bentes Coimbra; Benedito de Jesus Azevedo; Felix Valois Coelho Júnior; Gaitano Laertes Antonaccio; José Aldo Pascoal Viana; José Cardoso Dutra; José Russo; Jurandir Almeida de Toledo; Maria Yedda Guerra Furtado; Maria Yole Magalhães; Mário Expedito Neves Guereiro; Mario Haddad; Randolpho de Souza Bittencourt; Roberto Gesta de Mello; Roosevelt Braga dos Santos; Saul Benchimol; Vilson Gomes Benayon.

Atualmente, a OAB-AM conta com 15 mil registros de advogados. Destes, 11 mil estão na ativa.



Via Assessoria do Deputado 

Postagem Anterior Próxima Postagem