Projeto de Lei (PL) de autoria do deputado Belarmino Lins (PP) em tramitação na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) reconhece a Festa do Rodeio do município de Apuí (distante 453 km de Manaus em linha reta) como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado do Amazonas. “Acredito que o nosso projeto fará justiça a um dos mais importantes eventos culturais do nosso Estado e da própria região Norte do País”, diz o parlamentar.

Assentado em uma área de 54 239,904 km² e com uma população estimada em 21.583 habitantes, segundo números aferidos em 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Apuí, localizado na região Sul do Estado do Amazonas, desponta como um dos municípios mais prósperos do Norte brasileiro.

A economia apuiense, de acordo com Belarmino, se destaca pelo grande potencial agropecuário, com um rebanho estimado em mais de 100 mil cabeças de gado e a produção de oito mil sacas de café/ano. “O turismo pode se transformar, agora, em nova fonte de renda para o município a partir da inserção, no Calendário Turístico do Estado do Amazonas, da Festa do Rodeio, um evento tradicional há mais de 30 anos no Sul do Estado”, assegura o líder do PP na Aleam.

O rodeio do município, com as competições entre peões (Vaquejada, Tiro de Laço, Prova do Couro, Prova dos Três Tambores e outras), repleto de atrações musicais e exibindo sempre uma gastronomia bastante variada, mobiliza verdadeiras multidões de turistas procedentes das cidades circunvizinhas, situadas na região e mesmo do Estado de Rondônia, que para ali acorrem no mês de setembro de cada ano para prestigiar a realização da Expoap (Exposição agropecuária de Apuí).

“Tenho certeza — destaca Belarmino — que a Festa do Rodeio transformada em patrimônio cultural imaterial, não apenas valorizará a cultura caipira brasileira tradicional mas, certamente, elevará ainda mais o Amazonas no cenário cultural e folclórico do País, seguindo o sucesso da Festa do Peão de Barretos, conhecida nacionalmente há 64 anos e hoje um dos maiores atrativos turísticos do Estado de São Paulo em nível internacional”, afirma o parlamentar.


Via: Assessoria do Deputado



Postagem Anterior Próxima Postagem