Pátria Amada Brasil

Pátria Amada Brasil
Governo Federal

Itacoatiara se prepara para receber incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus


Uma Audiência Pública para discutir a ‘Área Suframada’ do município de Itacoatiara (distante a 264 quilômetros de Manaus) foi realizada ontem sexta-feira (21), na Câmara Municipal da cidade, por iniciativa do vereador Bosco Rodrigues (Progressistas).


Além de Manaus e Itacoatiara, o município de Rio Preto da Eva também faz parte desta "área", podendo receber os mesmos benefícios fiscais concedidos pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

O Coordenador de Comércio Exterior da Suframa, Luiz Frederico de Oliveira Aguiar, foi o responsável por expor os detalhes do projeto. "Hoje, pudemos tratar dos incentivos fiscais que nossa autarquia pode conceder e como isso pode ser aplicado para o desenvolvimento econômico da região", afirmou Aguiar.

O principal encaminhamento da audiência foi a criação de um Grupo de Trabalho (GT), com o objetivo de estudar medidas para impulsionar negócios na localidade. O deputado estadual, Álvaro Campelo (Progressistas), foi escolhido por unanimidade para presidir o GT, que envolverá a Aleam, Câmara Municipal, Prefeitura de Itacoatiara, Suframa, CDL, Associação Comercial de Itacoatiara, Sebrae, Sepror, MAPA, IPAAM, Sema, Seinfra e o movimento comunitário Grupo Formigueiro de Lindóia. A primeira reunião do grupo deve acontecer na terceira semana de julho, na sede da Suframa.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Aluízio Isper Neto (MDB), após observar o mapa de criação da Zona Franca de Manaus, foi constatado que 1.250 quilômetros quadrados de Itacoatiara estavam dentro da geografia original do Decreto 280 de 28 de fevereiro de 1967. “Nós estamos há 52 anos com essa 'área Suframada' e não sabíamos. Assim que tomamos conhecimento disso, começamos a nos movimentar para trazer esses benefícios e fomentar nosso comércio. Estamos tendo o apoio de vários segmentos e, agora, temos também, nessa trincheira, o deputado Álvaro Campelo. É disso que Itacoatiara precisa, de parcerias que possam trazer emprego e renda para nossa cidade”, disse Neto.

Tecnologia do Blogger.