Pátria Amada Brasil

Pátria Amada Brasil
Governo Federal

Delegado Péricles diz que audiência de custódia traz problemas para a segurança pública



O deputado estadual delegado Péricles (PSL) manifestou repúdio à decisão que pôs os três homens que assassinaram o policial militar, sargento Luiz Costa, em liberdade, após audiência de custódia. Em discurso na Tribuna, o parlamentar disse que esse tipo de audiência trouxe grave problema à segurança do Estado e desconsidera a atuação das polícias. "Hoje em dia estamos enxugando gelo. A audiência de custódia trouxe sério problema para a segurança pública. Todo o esforço e trabalho da ação policial são jogados fora porque uma decisão decide pôr em liberdade bandidos", disse.



Para Péricles, a soltura de três acusados pelo assassinato foi um "tapa" na sociedade. "Eles não roubaram um bombom, um celular. Eles executaram um trabalhador. Sem a devida sensibilidade, uma decisão judicial mandou soltar. E ninguém ali se atentou ao menos para o fato de que um deles tinha um mandado de prisão em aberto. É revoltante ver os três elementos comemorando a saída em frente ao Fórum", continuou.



O deputado reforçou, ainda, a importância da revisão da decisão por outra juíza. "Infelizmente apenas dois deles voltaram para a prisão. Outro está foragido. Esse é apenas um dos casos para colocarmos em discussão essa audiência de custódia. O trabalho policial não pode ser jogado fora e a população não pode conviver com injustiças com essa", concluiu. 


Foto: José Zamith/ Ascom

Tecnologia do Blogger.