O Vice-Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Assuntos Indígenas e Legislação Participativa (CDHCA), deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas), promoveu na tarde desta quinta-feira (13), no plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), a audiência pública “O futuro dos povos indígenas: Produção, Economia e Territorialidade”.



Durante o evento, foram debatidas políticas públicas sobre geração de renda, escoamento de produção, gestão territorial e infraestrutura. Segundo o deputado, a audiência serviu para ampliar e viabilizar soluções voltadas para a causa. “Estas propostas partem das reais  necessidades vivenciadas pelas comunidades indígenas de todo o Amazonas, que me entregaram uma carta de intenções. Todas elas serão analisadas pela Comissão e, posteriormente, levadas ao conhecimento do Governo do Estado”, disse Campelo.



Para o vice-presidente da Federação dos Caciques e Comunidades Indígenas da Tribo Tixuna (FOCCITT) Sinésio Trovão, a audiência representou, acima de tudo, respeito aos povos indígenas. “Esse é um momento histórico para as etnias do Estado do Amazonas. Nunca antes, tivemos a oportunidade de expor e debater nossas necessidades desta forma.  Percebemos que ganhamos um grande defensor dos nossos direitos, que é o deputado Álvaro Campelo”, afirmou o líder indígena.



Além de líderes indígenas, estiveram presentes, representantes da Fundação Nacional do ĺndio (FUNAI), Fundação Estadual do Índio (FEI), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Amazonas (IDAM), Secretaria de Produção Rural (Sepror), Secretaria de Cultura (Sec), Secretaria de Estado da Assistência (SEAS), Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN), Coordenação das Organizações e Povos indígenas do Amazonas ( COIPAM), Associação das Comunidades Indígenas (ACNI), Fórum de Educação Escolar e Saúde Indígena do Amazonas (FOREEIA), Organização Indígena Kokama do Amazonas (OIKAM), Cooperativa Indígena de Extrativismo, Associação das Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro, além de vereadores de 23 municípios.    




População indígena no Amazonas


Dos 3,4 milhões de habitantes do Amazonas, um total de 183,5 mil é indígena, o que corresponde a 5,2% do total da população no Estado, segundo dados do Censo divulgados, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


O levantamento aponta que os índios no Brasil somam 896,9 mil pessoas, sendo que 20,4% desse total vivem em terras amazonenses. São 95.215 homens e 88.299 mulheres pertencentes à população indígena do Amazonas. Do número total de índios na região, 53.985 moram fora de terras indígenas.

Postagem Anterior Próxima Postagem